Categories: Notícias

Do desespero à estreia na ginástica olímpica: o ‘outro Kohei’ do Japão

Ninguém ficou surpreso quando um ginasta japonês chamado Kohei chegou às finais do aparelho masculino. O choque foi que não era o ex-campeão olímpico “King” Kohei Uchimura, mas um especialista em cavalos com alças fazendo sua estreia olímpica aos 32 anos.

Uchimura, que participa de sua quarta Olimpíada, viu sua notável carreira olímpica chegar ao fim abruptamente quando perdeu o controle da barra horizontal durante as eliminatórias no domingo e caiu no chão.

Mas Kohei Kameyama, que fará 33 anos no final deste ano, conseguiu passar com o cavalo com alças empatado em segundo lugar nas eliminatórias – ultrapassando Daiki Hashimoto, que mais tarde venceu o campeonato masculino – o culminar de uma longa jornada que incluiu lutar contra o desespero e quase desistir.

A saúde mental se tornou um tema dos Jogos de Tóquio depois que a ginasta norte-americana Simone Biles desistiu da maioria dos eventos em que estava programada para participar, citando problemas de saúde mental.

“Cinco anos desde que caí em desrespeito pelo Rio, oito anos desde meu ouro no Mundial, quase 30 anos desde que comecei a fazer ginástica”, escreveu Kameyama, que tenta uma medalha no domingo, no Instagram após entrar para a Seleção Olímpica Japonesa mais cedo neste verão.

“A ginástica me criou, a ginástica tem sido minha vida.”

Mas nem sempre foi fácil. O início da infância a pedido de sua mãe, ela mesma uma ex-ginasta, levou a alguns sucessos, especialmente ouro com alças de cavalo no campeonato mundial de 2013 e prata por equipe um ano depois.

Mas em 2016 ele ficou de fora do time carioca.

“Não ser escolhido para o Rio me destruiu”, escreveu em seu site. “Achava que era minha última chance de lutar no mais alto nível e não conseguia realizar meu sonho.”

Kohei Kameyama compete no evento de cavalo com alças no Ariake Gymnastics Center em 24 de julho. | AFP-JIJI

Ele caiu em desespero, dizendo à mídia japonesa “Eu me perdi” e planejava desistir. Mas seu treinador o impediu, e ele se recuperou, reivindicando um cavalo com alças de ouro em uma competição da Copa do Mundo em 2019/2020.

Ao longo do caminho, ele desenvolveu uma série de técnicas de bem-estar mental, agora apresentadas em seu site oficial.

Em uma seção sobre “Mente”, escrita no ano passado, ele expôs sua filosofia de motivação, dizendo que ela se aplicava à vida cotidiana e também aos esportes.

“O truque é se manter motivado sem se esforçar tanto a ponto de ficar exausto”, escreveu ele. “Minha recomendação é focar na felicidade.”

Para ele, explicou, é uma combinação de ter uma boa rede de apoio de familiares e amigos, uma certa estabilidade econômica – “ainda estou trabalhando nisso, rs” – e tornar a vida o mais divertida possível.

Ele sugeriu que ficar longe da Internet poderia ajudar.

“Dê um passo para trás, pare de gastar tanto tempo nas redes sociais e no YouTube”, disse ele. “Então, eu acredito, você será capaz de encontrar sua própria motivação, bem no fundo.”

Em uma época de desinformação e muita informação, jornalismo de qualidade é mais crucial do que nunca.
Ao se inscrever, você pode nos ajudar a contar a história da maneira certa.

INSCREVA-SE AGORA

GALERIA DE FOTOS (CLIQUE PARA AMPLIAR)

.

Artigos recentes

Vietnã muda de rumo no comércio de armas ao afrouxar laços com a Rússia

Hanói – O Vietnã está de olho em uma grande mudança de defesa enquanto busca…

3 horas ago

Venda de armas na Coreia do Sul dobra em meio à guerra da Rússia na Ucrânia

A guerra da Rússia na Ucrânia abriu uma porta para as exportações de defesa da…

3 horas ago

‘Small, Slow but Steady’, de Sho Miyake, leva o público a um círculo silencioso

Quando o diretor Sho Miyake decidiu fazer o drama de boxe “Small, Slow but Steady”,…

3 horas ago

Ministério planeja aumentar o número de oficiais de bem-estar infantil em mais de 1.000

O ministério do bem-estar elaborou um projeto de plano na quinta-feira para aumentar o número…

13 horas ago

Supremo Tribunal do Japão rejeita proposta de Okinawa para interromper o trabalho de aterro sanitário nos EUA

O tribunal superior do Japão rejeitou na quinta-feira um recurso do governo da província de…

13 horas ago

Lutadores com antecedentes amadores se tornando o novo normal no sumô

O campeonato surpresa do veterano Tamawashi em setembro foi notável por vários motivos. Chegando apenas…

14 horas ago

Este site usa cookies.