Categories: Notícias

Brasil mantém a coroa olímpica depois que Malcom vence na prorrogação

O Brasil conquistou o ouro no futebol masculino olímpico pelo segundo torneio consecutivo, quando o substituto Malcom venceu a Espanha por 2 a 1 após a prorrogação no sábado.

Matheus Cunha aproveitou uma falha defensiva para marcar nos acréscimos do primeiro tempo, depois que Richarlison acertou um pênalti por cima do travessão para o Brasil.

A Espanha empatou na primeira hora, quando Mikel Oyarzabal caiu em casa com um chute forte, mas o ex-atacante do Barcelona, ​​Malcom, garantiu o título ao Brasil com seu gol aos 108 minutos.

O Brasil, que conquistou o ouro em casa no Rio 2016, se tornou o quinto time a manter a coroa olímpica em mais uma noite triunfante em Yokohama, onde conquistou o último de seus cinco títulos da Copa do Mundo em 2002.

Depois que Neymar levou o Brasil ao ouro olímpico, desta vez foi a vez de Dani Alves capitanear o país na final contra uma forte seleção espanhola com seis jogadores que participaram da Euro 2020.

Invicto nas Olimpíadas contra uma nação europeia desde 1988, o Brasil quase ficou para trás quando Diego Carlos passou a bola por cima de seu próprio goleiro antes de desviar da linha quando Oyarzabal tentou acertar Dani Olmo.

Um mau passe de Unai Simon permitiu a Richarlison colocar Douglas Luiz, cujo remate foi desviado pelo guarda-redes espanhol.

O brasileiro Malcom Filipe chuta a bola e faz o gol do goleiro da Espanha, Unai Simon. | AFP-JIJI

O Brasil precisava de pênaltis para ultrapassar o México nas semifinais, e foi concedido um pênalti aqui após uma revisão do VAR, quando Simon achatou Cunha enquanto tentava acertar um cruzamento.

Mas o atacante do Everton, Richarlison, desperdiçou a chance de somar aos cinco gols que lidera a competição ao marcar por cima.

No entanto, a Espanha não perdeu o jogo pela segunda vez, quando Alves mandou bem alto para a área, onde o hesitante Pau Torres deu a Cunha tempo de controlar e acertar o escanteio.

Marco Asensio, o vencedor da partida da Espanha na prorrogação contra o Japão na rodada anterior, durou apenas 45 minutos com Carlos Soler entrando no segundo tempo, inadvertidamente atrapalhando um remate de Oyarzabal.

O Brasil quase dobrou a vantagem quando uma rápida parada resultou em Simon fazendo uma excelente parada com as pernas para desviar o chute de Richarlison para a barra.

O jovem espanhol Bryan Gil, que se juntará ao Tottenham Hotspur em seu retorno do Japão, balançou a barra a dois minutos do final, já que 30 minutos extras foram necessários pela quinta vez em oito partidas eliminatórias.

Malcom, que passou por uma passagem difícil no Barcelona em 2018-19 antes de partir para o Zenit São Petersburgo, correu para uma longa bola de Antônio, passou por Jesus Vallejo e atirou por Simon para gravar seu nome nos livros de história.

Em uma época de desinformação e muita informação, jornalismo de qualidade é mais crucial do que nunca.
Ao se inscrever, você pode nos ajudar a contar a história da maneira certa.

INSCREVA-SE AGORA

GALERIA DE FOTOS (CLIQUE PARA AMPLIAR)

.

Artigos recentes

Tóquio reconhece direito de negociação coletiva dos trabalhadores do Uber Eats

As autoridades trabalhistas de Tóquio reconheceram a equipe de entrega do Uber Eats no Japão…

15 horas ago

JIP lança oferta pública da Toshiba até final de março

O fundo de investimento Japan Industrial Partners Inc. está considerando lançar uma oferta pública de…

15 horas ago

Grandes concessionárias do Japão enfrentarão quantidade recorde de multas antitruste

O órgão fiscalizador do comércio do Japão provavelmente imporá uma quantidade recorde de multas a…

16 horas ago

Filial do LDP liderada pelo ministro da reconstrução Kenya Akiba pagou taxas à Igreja da Unificação

Um ramo do Partido Liberal Democrático liderado pelo ministro da reconstrução, Kenya Akiba, pagou 24.000…

16 horas ago

Xi diz a Kim que China está disposta a trabalhar com a Coreia do Norte pela ‘paz mundial’

Seul – O presidente chinês, Xi Jinping, disse ao líder norte-coreano, Kim Jong Un, que…

16 horas ago

Incêndio mortal em Xinjiang desperta raiva na política ‘COVID-zero’ da China

Pequim – Um incêndio mortal na região de Xinjiang, no noroeste da China, provocou uma…

16 horas ago

Este site usa cookies.